NOVEMBRO AZUL

CÂNCER DE PRÓSTATA

Em 2016, cerca de 61 mil brasileiros receberão diagnóstico da doença. É a segunda causa de morte por câncer entre homens, ficando atrás apenas do câncer de pulmão. Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos ocorrem a partir dos 65 anos.

Sinais e sintomas: Em seus estágios iniciais, o câncer de próstata não costuma apresentar sintomas. Dificuldade para urinar pode ser sintoma de câncer, mas também de hiperplasia benigna, que é o aumento benigno do volume da próstata.

É recomendável consultar um urologista se apresentar os seguintes sintomas:

• Urinar pouco de cada vez;
• Urinar com freqüência, especialmente durante a noite, obrigando-o a se levantar várias vezes para ir ao banheiro;
• Dificuldade para urinar;
• Dor ou sensação de ardor ao urinar;
• Presença de sangue na urina ou sêmen;
• Ejaculação dolorosa.

O câncer de próstata pode ser detectado precocemente pela combinação de um exame de sangue, que avalia os níveis de PSA (antígeno prostático específico), e pelo exame de toque retal. Como a próstata fica logo na frente do reto, o exame permite que o médico sinta se há nódulos ou tecidos endurecidos, indicativos de câncer, em um estágio inicial.

A recomendação-padrão é que homens saudáveis façam exames anuais de PSA e toque retal a partir dos 50 anos. Homens com risco maior (aqueles que têm parentes de 1º grau com história de câncer de próstata jovens), devem começar os exames mais cedo, aos 45 anos.
Dra. Melissa Fiorentini – OncoItu

Publicado em: 11/05/20